sexta-feira, 7 de agosto de 2015

Ele era assim!


Atraía multidões! Sim, Ele era assim, provocando a curiosidade de todos pelos seus feitos dentro e fora do tabuleiro de xadrez. Sua ação mexeu com o povo do seu país nas décadas de 60 e 70. Nos Estados Unidos , naquela época, nunca se vendeu tanto jogo de peças e tabuleiros, graças aos sucessos contínuos nos torneios internacionais,  até se tornar campeão do mundo, derrotando a então imbatível escola russa. O xadrez deve muito, deve bastante, deve demais a Robert Bobby James Fischer! 

3 comentários:

  1. Sem dúvida o melhor de todos os tempos.

    ResponderExcluir
  2. Se Fischer tivesse jogado contra Karpov, seria o massacre final contra a União Soviética.

    ResponderExcluir