quarta-feira, 16 de outubro de 2019

terça-feira, 15 de outubro de 2019

Não perca este bonde!

Por Fernando Melo

Quem ama o xadrez vai sentir a emoção de viver momentos inesquecíveis quando da realização do Aberto do Brasil - I Torneio Memorial Machado de Assis 2109!


A Confederação Brasileira de Xadrez e a Federação Paraibana de Xadrez, responsáveis pela Semana Machado de Assis - 10 a 17 de novembro - convidam os enxadristas de todos os recantos do país para o o Torneio Memorial Machado de Assis, evento que tem um significado histórico significativo, considerando que Machado de Assis, fundador e presidente perpétuo da Academia Brasileira de Letras, considerado pela critica especializada como um dos maiores escritores de todos os tempos em nosso país, foi um apaixonado pelo xadrez ao longo de toda sua vida. 

O Memorial Machado de Assis vai ser o maior torneio em premiação na história do xadrez paraibano e terá muitas novidades, como a aentrega a cada jogador participante de um livro de autoria de Machado de Assis. Pela primeira na Paraíba, teremos num torneio aberto, um pódium exclusivo para as mulheres participantes.

A maior novidade, porém, para o interesse dos paraibanos, é que esse Memorial também sera, paralelamente, a Semifinal do Paraibano 2019. Os cinco primeiros jogadores coestaduadnos melhor classificados no MMA, ficam automaticamente indicados para jogarem a Final do Paraibano 2019 entre os dias 13 a 15 de dezembro, com a maior premiação até hoje, deste campeonato.
  
Esse evento homenageia a memória do saudoso advogado e enxadrista Gildemar Pereira de Macedo, cujo troféu de campeão leva o seu nome. Na oportunidade, o seu filho advogado Erick Macedo estará presente, representando a família e fazendo parte da mesa de encerramento 

Portanto, ainda existem vagas neste bonde histórico!. Basta ler o Regulamento que pode ser encontrado na primeira página do blog Reino de Caissa., e faça uma boa viagem A direção será de Fernando Melo e arbitragem de AI  Igor Macedo.

domingo, 13 de outubro de 2019

O bonde da história!

Por Fernando Melo*

As inscrições continuam abertas até o dia 13 de novembro, exatamente daqui a um mês.Não perca a oportunidade de poder participar do Aberto do Brasil - I Torneio Memorial Machado de Assis 2019 (MMA), que será realizado no Littoral Hotel, na praia do Cabo Branco, nesta cidade de João Pessoa, entre os dias 15 a 17 de novembro, encerrando a Semana Machado de Assis.(No sábado, pela manha,dia 16, vamos ministrar no local do torneio, palestra sobre a Escravidão na obra de Machado de Assis) 

Quem olhar um pouco a historia do xadrez nacional vai constatar que este é o torneio mais simbólico que se tem notícia, por homenagear no cenário nacional o escritor mais importante da literatura brasileira.

Como se não bastasse tal assertiva, esse evento além de ser o maior em prêmios sob a responsabilidade da Federação Paraibana de Xadrez, valerá como Semifinal do Campeonato Paraibano, considerando que os cinco coestaduanos melhor classificados no MMA irão se juntar com o atual campeão paraibano, para a fase Final, que será entre os dias 13 a 15 de dezembro próximo.

E não fica por aí. Tem mais novidades no MMA . Pela primeira na historia do xadrez paraibano, num torneio absoluto (homens e mulheres), as mulheres terão direito a um pódium, com as três primeiras colocadas recebendo uma premiação total de 1000 reais.

Outra iniciativa feliz,é que todos os participantes (vagas para 140 enxadristas) receberão um exemplar dos livros de Machado de Assis (romance ou contos), numa iniciativa do Projeto Machado de Assis, que tem o apoio da Confederação Brasileira de Xadrez(CBX) e da Federação Paraibana de Xadrez(FPBX).


Temos também a satisfação deste evento poder homenagear a memória do saudoso advogado e enxadrista Gildemar Pereira de Macedo (1937-1992), cujo troféu de campeão levará o seu nome. Gildemar será representado na mesa de encerramento pelo seu filho, advogado Erick Macedo, A viúva Afra Dantas Macedo se fará presente com toda sua família.



Por fim, convocamos a todos os enxadristas, inclusive os pessoenses e campinenses, cuja inscrição até o momento encontra-se um pouco aquém do esperado, tal o grau de importância deste Memorial, para que não percam o bonde da história!


(* Fernando Melo é jornalista, presidente da Federação Paraibana de Xadrez, diretor do Aberto do Brasil - I Torneio Memorial Machado  de Asis e coordenador do Projeto Machado de Assis)

sexta-feira, 11 de outubro de 2019

Semifinal do Paraibano

O Aberto do Brasil - I Torneio Memorial Machado de Assis, que será sera realizado nos dias 15 a 17 de novembro próximo, vai valer como Semifinal do Paraibano 2019

Isso significa dizer que que os cinco primeiros paraibanos melhores classificados no Machado de Assis, jogarão a Final do Paraibano, juntando-se ao atual campeão paraibano. 

Com data definida, o Paraibano 2019 será realizado nos dias 13 a 15 de dezembro. Todos os seis finalistas receberão prêmios. A direção é de Genildo Gomes com arbitragem de Ivanilson Pereira.

terça-feira, 8 de outubro de 2019

Torneio no Clube Miramar




No próximo dia 19 (um sábado) às 15hs, no Clube de Xadrez Miramar, será realizado o Torneio Memorial Paul Benko. Serão seis rodadas com 15 minutos nocaute, sendo que na primeira, obrigatoriamente, será jogado o Gambito Benko. A inscrição é de 20 reais para sócios e 35 para não sócios. Medalhas para os melhores colocados.

sábado, 5 de outubro de 2019

O patrono Gildemar P Macedo!

Por Fernando Melo*
Gildemar jogando no Hotel Tambaú na década de 70


A feliz ideia de homenagear a memória do advogado tributarista Gildemar Pereira de Macedo. como patrono do Aberto do Brasil - I Torneio Memorial Machado de Assis, a ser realizado nos dias 15 a 17 de novembro do Littoral Hotel, tem para mim um valor sentimental muito forte. Com ele convivi no início da década de 70, no florescer da Academia de Xadrez Caldas Vianna, quando costumava aparecer nos fins de semana para partidas amistosas com amigos comuns. Foi uma época romântica, impossível de esquecer. 

Gildemar Pereira de Macedo nasceu em Picuí-PB no dia 23 de novembro de 1937 e faleceu no dia 7 de dezembro de 1992, com a idade de 55 anos. Casado com Afra Dantas Macedo e teve quatro filhos: Gilvia, Lírida, Gil e Erick. Na sua vida profissional foi Agente Fiscal, Procurador do Estado da Paraíba, Professor Universitário e Advogado Tributarista. E foi também Enxadrista. Adorava jogar e não suportava perder!

Na década de 70, pelos idos de 1972, teve início a chamada Academia de Xadrez Caldas Vianna, que funciona até hoje na minha residência, em uma área externa. Pois bem, nessa Academia, nos finais de semana, pontificavam muitos enxadristas, entre outros Abdias Sá, Frank Lins, Chrisóstomo Magalhães, Anchieta Antas, Ivo Bichara, os irmãos José Severino e  Nisbel Magalhães, todos falecidos e o saudoso Gildemar!

Havia um respeito mútuo  e confiança extrema. Gildemar sentia-se em casa quando vinha jogar na Academia. Fomos amigos, chegamos até a estudar os primeiros anos na Faculdade de Direito. Eu terminei abandonando o curso, Gildemar continuou e tornou-se um aluno exemplar. Na cadeira de Direito Tributário ele era o melhor aluno, ao ponto do professor Octacílio Silveira, que ocupava o cargo de Secretário das Finanças, no Governo João Agripino, convidar Gildemar, mais de uma vez, para dar aula em seu lugar, por ter que viajar com o Chefe do Executivo, a serviço. Uma vez formado, Gildemar abriu uma banca de Advogado e em pouco tempo era a mais procurada e respeitada em todo o Estado.

Gildemar não cedia fácil! Certa vez, fomos nós dois à inauguração do Estádio Almeidão, com o jogo do Botafogo-PB com o Botafogo-RJ. O estacionamento estava totalmente lotado. Na saída Gildemar não lembrava onde tinha deixado seu carro. Não pensou duas vezes, Me chamou a sentar num banco nas proximidades e ficamos ali, esperando. O último carro que sobrasse seria o dele. E assim foi feito.

No alto da glória profissional, a sua saúde foi atingida e quis o destino que ele interrompesse suas  atividades. Infelizmente, apesar da sua brava luta pela vida, esta o deixou aos 55 anos. Sua causa não foi em vão. Plantou sementes que se tornaram raízes e hoje são árvores frondosas para orgulho da sua amada Afra. 

Tenho saudades de Gildemar! Há 10 anos, quando do Campeonato Pessoense de 2009, o Troféu de Campeão do evento levou seu nome. Agora, 10 anos depois, o Troféu de Campeão do Memorial Machado de Assis, também terá seu nome. Homenagens que se sucedem para quem não pode ser esquecido, 27 anos após a sua morte. 

Imagino frente a frente com Gildemar, ele tendo que enfrentar a minha Bird. Pena que na época eu ainda não jogava o meu famoso 1.f4! Queria ver a reação dele diante das dificuldades de impedir os fulminantes ataques que essa Abertura proporciona.   

- Abandona, Gildemar?
- Coisa nenhuma, não fui feito para a derrota!

E é verdade, terminou seus dias como um vencedor naquilo que abraçou como profissão.

* Fernando Melo é jornalista, presidente da Federação Paraibana de Xadrez e coordenador do Projeto Machado de Assis.

sexta-feira, 4 de outubro de 2019

Garanta sua inscrição no MMA!

Jogo de peças que pertenceu a Machado de Assis
Continuam abertas as inscrições para o Aberto do Brasil - I Torneio Memorial Machado de Assis, com a premiação de 7.200 reais e muitas atrações extra tabuleiro.  São 140 vagas e cresce a cada dia o numero de inscritos. Adiantamos que esse evento também será  a Semifinal do Campeonato Paraibano 2019, classificando para  a Final em dezembro, os cinco paraibanos melhores colocados. Veja Regulamento ao lado direito desta página.

quarta-feira, 2 de outubro de 2019

Tomaz ganha Alagoa Grande!

O campeão paraibano Luis Antonio Tomaz ganhou o X Torneio Ativo de Alagoa Grande com 5,5 em 6 pontos possíveis e conquistou o titulo de Campeão Paraibano de Xadrez Ativo. Na foto, com sua premiação, ladeado por organizadores e dirigentes do xadrez paraibano.

sábado, 28 de setembro de 2019

Machado e o Xadrez



O Clube de Xadrez Miramar abriu suas portas na tarde de hoje para receber o palestrante Fernando Melo, que falou sobre o Projeto Machado de Assis.

O xadrez na literatura machadiana

Todos sabem que Machado de Assis (1839/1908) é considerado o maior escritor brasileiro. Este é o reconhecimento em todo o mundo e que só faz crescer. O que talvez muitos não saibam é que o autor de Dom Casmurro é também um profundo conhecedor da arte de Caíssa. 
Logo mais, às 15 horas,no Clube de Xadrez Miramar, vamos ministrar palestra sobre o Projeto Machado de Assis e mostrar até que ponto o pensamento enxadrístico influenciou na obra machadiana. (FM)