sábado, 14 de outubro de 2017

Morre Lombardy, amigo de Fischer!

Por Fernando Melo


DOIS MOMENTOS DE LOMBARDY COM BOBBY FISCHER.
UMA AMIZADE SEMPRE PRESENTE NOS TABULEIROS DE XADREZ DA VIDA

Sempre tive especial atenção de respeito e carinho com  o GM William Lombardy, exatamente por ser amigo pessoal e conselheiro de Bobby Fischer, desde quando este tinha 11 anos de idade. Lombardy morreu ontem, perto de completar 80 anos.

Sou daqueles que defendo que Bobby não fez tudo sozinho. Precisou de ajuda, mas de ajuda de poucos, e entre esses, está Lombardy. Fischer teve poucos amigos de verdade, e entre eles, encontramos Lombardy. Numa biografia bem feita sobre Bobby, Lombardy certamente será figura coadjuvante importante. Quando Fischer foi desafiar Spassky em 1972, levou Lombardy com ele. Nos momentos importantes da vida de Bobby, Lombardy esteve perto!

Por tudo isso, estou bastante saudoso. Já se foi o tempo em que eu chorava com a morte de alguém querido. Quando comecei a ler a Doutrina Espírita entendi que a morte faz parte da verdadeira vida. Temos todos várias vidas terrenas, pois reencarnamos, voltamos à vida depois da morte.

Mas a saudade, essa existe mesmo e essa nos faz lembrar os bons momentos que a vida nos trouxe. Como sou e serei sempre discípulo de Bobby Fischer, tudo que a ele toca, me toca também.

Por isso, presto essa homenagem ao seu amigo GM William Lombardy, na esperança de que os dois possam se encontrar em breve.

Um comentário:

  1. Parabéns Fernando pela matéria. Muito importante para memória enxadrística.

    ResponderExcluir